Mamografia

6 de outubro de 2016

A mamografia é uma das mais importantes aliadas na detecção precoce do câncer de mama. A indicação é que seja realizada em mulheres sem sinais e sem sintomas da doença, como rotina anual a partir dos 40 anos ou de acordo com a indicação do médico, segundo o Colégio Brasileiro de Radiologia, a Sociedade Brasileira de Mastologia e a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Esta é chamada de mamografia de rastreamento.

A mamografia é a radiografia da mama que permite a detecção precoce do câncer, por ser capaz de mostrar lesões em fase inicial, muito pequenas (de milímetros). É realizada em um aparelho de raio-X dedicado somente a este tipo de exame, em mulheres e homens, chamado mamógrafo. Nele, a mama é comprimida com a finalidade de distribuir melhor o tecido para análise, de forma a fornecer melhores imagens, e, portanto, capacidade de diagnóstico mais certeiro. O desconforto provocado é, de modo geral, discreto e suportável. Aconselha-se realizar a mamografia após o período menstrual, para diminuir os incômodos gerados pela compressão.

Os benefícios da mamografia de rastreamento incluem a possibilidade de encontrar o câncer no início e ter um tratamento menos agressivo, assim como de maior chance de sobrevida, em função do tratamento oportuno. Quanto mais cedo detectar o tumor, maiores a chances de se obter a cura, e o tratamento torna-se menos agressivo. Na etapa inicial da doença, a probabilidade de cura é de 95%.

A qualidade do exame mamográfico é um item fundamental na execução deste exame. É preferível realizar a mamografia em clínicas que tenham obtido o selo de qualidade conferido pelo Colégio Brasileiro de Radiologia.

Publicado em Blog
×

Olá!

Clique abaixo para falar com um de nossos representantes.

× Agende seu Exame via WhatsApp!